Prova Brasil - Comparação Paraná e estados do Sul e Sudeste

 

Márcio Ruben

 

Plataforma Qedu de Indicadores Educacionais

Trata-se de um portal que reúne dados educacionais da Prova

Brasil, o Censo Escolar, Ideb e Enem, por escola, cidade,

estado e para o Brasil.                                                

https://www.qedu.org.br/

Prova Brasil - Comparação: o estado do Paraná e outros estados do sul e sudeste.

Baseado nos dados do QEdu fiz uma análise comparativa dos índices de aprendizagem adequado[1] dos resultados da Prova Brasil  na Região Sul do Brasil, comparando os resultados do Paraná, com outros estados da região. Também comparei os índices com os estados da Região Sudeste e as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Prova Brasil - A Prova Brasil é uma avaliação censitária das escolas públicas das redes municipais, estaduais e federal, com o objetivo de avaliar a qualidade do ensino. Participam desta avaliação as escolas que possuem, no mínimo, 20 alunos matriculados nas séries/anos avaliados, sendo os resultados disponibilizados por escola e por ente federativo.

Quem faz a prova?

·         Alunos do 5º ano (antiga 4ª série) do Ensino Fundamental de escolas públicas urbanas e rurais

·         Alunos do 9º ano (antiga 8ª série) do Ensino Fundamental de escolas públicas urbanas e rurais

Como o objetivo da prova é avaliar os sistemas de educação (município, estado, país) não há necessidade de todas as escolas serem avaliadas. Por uma questão de logística e custos, nas diferentes edições da Prova Brasil algumas escolas e seus alunos não participaram. Além disso, a participação não é obrigatória.

Participam as escolas urbanas e rurais que possuam pelo menos 20 alunos nas séries avaliadas.  Escolas com até 10 alunos nas séries avaliadas podem pleitear a realização da Prova Brasil. Muitas aderem para terem o resultado do Ideb, já que a nota da Prova Brasil é um dos componentes do índice. (QEdu, 2013)

Escala Saeb – Aprendizagem Adequada

A aprendizagem adequada se baseia na porcentagem de alunos com coeficiente proficiente ou avançado. Abaixo criei uma tabela baseada nos dados do QEdu/INEP para facilitar a compreensão.


Figura 1 – Índice de aprendizado adequado

Escala Saeb

aprendizado adequado – proficiente ou avançado

Língua Portuguesa – 5º Ano

Insuficiente: 0 a 149 pontos

Básico: 150 a 199 pontos

Proficiente: 200 a 249 pontos

Avançado: Igual ou maior que 250 pontos

Língua Portuguesa – 9º Ano

Insuficiente: 0 a 199 pontos

Básico: 200 a 274 pontos

Proficiente: 275 a 324 pontos

Avançado: Igual ou maior que 325 pontos

Matemática – 5º Ano

Insuficiente: 0 a 174 pontos

Básico: 175 a 224 pontos

Proficiente: 225 a 274 pontos

Avançado: Igual ou maior que 275 pontos

Matemática – 9º Ano

Insuficiente: 0 a 224 pontos

Básico: 225 a 299 pontos

Proficiente: 300 a 349 pontos

Avançado: Igual ou maior que 350

 

  

                                 Fonte: O autor – adaptado, com os dados do QEdu


Comparação, com base na Prova Brasil 2017, entre o estado do Paraná e outros estados do sul do Brasil e sudeste.

Paraná

Aprendizado dos alunos do Paraná – 5º ano - Português

A proporção de alunos que aprenderam o adequado na competência de leitura e interpretação de textos até o 5º ano na rede pública de ensino é de 71%. Dos 131.110 alunos, 93.599 demonstraram o aprendizado adequado.

Aprendizado dos alunos do Paraná – 5º ano – Matemática

A proporção de alunos que aprenderam o adequado na competência de resolução de problemas até o 5º ano na rede pública de ensino é de 63%. Dos 131.110 alunos, 82.206 demonstraram o aprendizado adequado.

Aprendizado dos alunos do Paraná – 9º ano – Português

A proporção de alunos que aprenderam o adequado na competência de leitura e interpretação de textos até o 9º ano na rede pública de ensino é de 41%. Dos 130.239 alunos, 53.780 demonstraram o aprendizado adequado.

Aprendizado dos alunos do Paraná – 9º ano – Matemática

A proporção de alunos que aprenderam o adequado na competência de resolução de problemas até o 9º ano na rede pública de ensino é de 21%. Dos 130.239 alunos, 27.148 demonstraram o aprendizado adequado.

 

Comentário

Os alunos até ao 5º ano da rede pública na competência de leitura e interpretação de textos do estado do Paraná têm um índice de aprendizado adequado (71%) superior ao nacional que é de 56%, superior ao Rio Grande do Sul – 61% e igual ao de Santa Catarina, 71%.

Os alunos até ao 9º ano da rede pública na competência de leitura e interpretação de textos do estado do Paraná têm um índice de aprendizado adequado (41%) superior ao nacional que é de 34%, inferior ao Rio Grande do Sul – 42% e inferior ao de Santa Catarina, 46%.

Os alunos até ao 5º ano da rede pública na competência resolução de problemas do estado do Paraná têm um índice de aprendizado adequado (63%) superior ao nacional que é de 44%, superior ao Rio Grande do Sul – 47% e superior ao de Santa Catarina, 59%.

Os alunos até ao 9º ano da rede pública na competência resolução de problemas do estado do Paraná têm um índice de aprendizado adequado (21%) superior ao nacional que é de 15%, superior ao Rio Grande do Sul – 20% e inferior ao de Santa Catarina, 24%.

Vale observar que o índice de aprendizado adequado do 9º ano na competência resolução de problemas – matemática - nas escolas públicas, é muito baixo em todo sul do país e em todo Brasil.

Se compararmos o índice do Paraná, na mesma competência e ano (matemática, 9º ano) é superior ao Rio de Janeiro de 15%, de São Paulo, 19%, do Espírito Santo, 20% e de Minas Gerais de 20%.

Na capital do Paraná, Curitiba, o índice na mesma competência e ano (matemática, 9º ano) é de 23%, superior ao do estado. Dos 17.636 alunos, 4.123 demonstraram o aprendizado adequado. Na cidade de São Paulo o índice ainda é menor, de 12% e da cidade do Rio de Janeiro, de 21%.

Vale ressaltar que Santa Catarina tem índice na mesma competência e ano (matemática, 9º ano) de 24%. Dos 74.803 alunos, 18.225 demonstraram o aprendizado adequado. A capital, Florianópolis tem índice de 21%. O número de alunos é um problema, pois segundo as informações do QEdu, houve mascaramento dos resultados – mais informações acesso ao site.

Segundo o QEdu - Prova Brasil 2017 - No Brasil, 8 de cada 10 alunos concluintes do ensino fundamental não aprenderam o adequado em Matemática. Veja a situação em cada estado.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                    

 

 

 

 

 



[1] A aprendizagem adequada se baseia na porcentagem de alunos com coeficiente proficiente ou avançado. (QEdu, 2013).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Entrevista sobre Avaliação com a Professora Thereza Penna Firme

Entrevista sobre Avaliação com a Professora Thereza Penna Firme Entrevista sobre Avaliação com a Professora Thereza Penna Firme para ...